segunda-feira, 25 de abril de 2011

Shyamalan: Vai estudar, menino!

 por Edu Fernandes

Spoilerômetro:
O Sexto Sentido
A Dama na Água
O Último Mestre do Ar


Na semana passada, foi aberta uma estranha campanha na internet: a ideia é arrecadar US$ 150 milhões para oferecer ao diretor M. Night Shyamalan para que ele vá fazer um curso de cinema.

Os organizadores da empreitada justificam que a qualidade do trabalho do cineasta só piorou desde O Sexto Sentido (1999).

A pergunta é: quem devemos culpar pela situação vergonhosa? Na minha opinião, o ego do próprio Shyamalan, que não deixa outros opinarem sobre seus filmes enquanto os está realizando. Todos seus filmes são escritos, produzidos e dirigidos por ele mesmo. Assim, uma ideia infeliz que nasce nos primeiros esboços do roteiro não encontra freios e acaba impressa em celuloide.

De 1999 para cá, houve pelo menos dois momentos em que achei que Shyamalan poderia virar o jogo. Sendo em 2006, com A Dama na Água a primeira ameaça de mudança.


Expliquemos. Depois do grande sucesso de O Sexto Sentido, houve uma cobrança geral para que os filmes seguintes do diretor tivessem um final surpreendente. Com o roteiro em forma de fábula de A Dama na Água, Shyamalan deixou de lado qualquer compromisso em criar uma surpresa e entregou um filme um tanto diferente dos seus anteriores.

A recepção foi dividida, mas havia esperança de que o novo caminho trouxesse bons resultados. No entanto, o que se viu não foi animador e Shyamalan continua escorado no sucesso de mais de dez anos atrás.

O segundo possível ponto de virada aconteceu apenas em minha mente. Quando soube que Shyamalan iria dirigir a adaptação cinematográfica da série animada Avatar, achei que o cineasta tinha se rendido a produções mais “industriais” para tentar reconstruir seu prestígio.


A ilusão foi desfeita nos créditos iniciais de O Último Mestre do Ar, quando foi anunciado que Shyamalan era mais uma vez responsável pelo roteiro, produção e direção. Ele perpetua a mania e os resultados.

O Último Mestre do Ar arrebatou alguns troféus Framboesa de Ouro e agora Shyamalan se vê diante desta campanha polêmica.

O lado bom disso tudo é que, se Shyamalan não aceitar voltar para escola, o dinheiro arrecadado servirá para financiar um festival de cinema em Nova York, que irá premiar novos cineastas com bolsas de estudo.

11 comentários:

  1. Reclamam mas não perdem um filme dele ;P

    ResponderExcluir
  2. Bando de imbecis. A faculdade de cinema ensina tecnicas sobre cinema mas não tem como formar um artista. O artista já nasce artista. Shyamalan não vai melhorar ou mudar frequentando faculdade.

    ResponderExcluir
  3. Opiniões são opiniões. Estes críticos fazem cinema ou apenas criticam os filmes dos outros? Duvido serem capazes de dirigir ou escrever um roteiro original que sirva, pelo menos, para uma novela mexicana. Adoro Shyamalan e não tenho nada a reclamar de nenhum de seus filmes. E outra notícia. Assista o novo filme do Clint Eastwood e veja em qual diretor ele se inspirou. O cara tá é fazendo escola e não precisando de uma. Até Corpo Fechado vai ganhar uma continuação. Melhor criticarem menus de restaurante. Ponto final.

    ResponderExcluir
  4. O cara eh um genio!!! criticar eh mt facil, qro ver fzer oq ele faz!!

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei de "O Último Mestre do Ar" :)

    ResponderExcluir
  6. Eu gosto dos filmes de Shyamalan. Eu vi em "O último mestre do ar" um grande avanço nele pois nos filmes anteriores Shyamalan deixa o filme MUITOO parado algo que foi mt. diferente do mais recente filmes dele.

    ResponderExcluir
  7. Shayamalan é "O Cara".Só não entende seus filmes e críticas que neles se encontram, os analfabetos artísticos.
    A crítica sempre tem que escolher um pra bode, mas ele sabe o que faz.

    ResponderExcluir
  8. Hum... não gosto dos filmes dele simplesmente porque fico entediada nos primeiros 10 minutos, mas acho exagero a campanha.
    No mundo da arte sempre tem aqueles que são conhecidos como teimosos. Esse diretor está na linha.

    Mas sei lá. Vai que deixando ele quieto, daqui a pouco ele surge com uma idéia ótima que vai jubilar todo mundo.

    De qualquer maneira, espero que esses fundos sirvam como bolsa para novos diretores, e que assim o cinema continue crescendo.

    ResponderExcluir
  9. ele é um gênio... o povo não entende os filmes deles e querem mandar estudar??

    ah.... da um tempo... humildade, pessoal, humildade!!!

    ResponderExcluir
  10. Rapaz, ¨º sentido foi bom. A dama na água eu não vi, não posso falar nada... Mas a Vila foi um bom cagalhão... O último mestre do ar foi insuficiente (pra quem viu o desenho)... Não sei dizer como pessoas que não viram o desenho acharam... Mas eu acho que se eu não tivesse visto teria achado legal. Realmente concordo com o fato do Shyamalan precisar de um pouco mais de visão comercial.. Mas isso tiraria bastante da sua visão própria (ele é excêntrico, convenhamos) Não dá pra comparar com Spielberg, ou com George Lucas, tampouco com Del Toro... Mas ainda assim o cara é lembrado (é criticado porque a gente tenta entender o que ele quis colocar lá, mesmo que sejam tentativas em vão)... Sinceramente, eu só quero que os próximos filmes seqüências do mestre do ar sejam feitos ¬¬ mesmo que troquem de diretor... =P

    ResponderExcluir